fbpx

Engenharia Elétrica

Edital

DURAÇÃO:
Mínimo 10 e máximo de 15 semestres
INVESTIMENTO:

Endereço

Avenida Paula Vieira, 624, Vila Jahu, Botucatu/SP   Ver no mapa

Categoria

Bacharelado
Descrição: 
Impossível imaginar o funcionamento de nossa sociedade sem energia. Para que não voltemos ao passado, o trabalho do engenheiro elétrico é de grande importância. Ele projeta e constrói redes de comunicação voltadas para a aplicação em serviços de multimídia, centrais telefônicas digitais, equipamentos de transmissão, tendo com suporte as modernas redes de comunicação. Pode, ainda, trabalhar em usinas, estações, subestações e redes de transmissão de energia, em indústrias de equipamentos de telecomunicações ou de computação. O profissional dessa área acompanha sua utilização em hospitais, clinicas e laboratórios de biomedicina. Projeta, constrói e faz a montagem, operação e manutenção das instalações industriais, sistemas de medição e controles elétricos. Atua, ainda, em todas as etapas do processo de geração, transmissão, distribuição e uso de energia elétrica e fontes alternativas de energia.

Perfil do Egresso e Campo de Atuação

A Faculdade de Botucatu concebe para o egresso do curso uma formação generalista com embasamento científico, técnico que o credencie a uma intervenção profissional inovadora nas diversas áreas da Engenharia Elétrica, seja na geração, no aperfeiçoamento ou no domínio e emprego de tecnologias, com vistas a produzir bens e serviços que atendam às necessidades da sociedade com qualidade e custos apropriados. Além disso, deve manifestar uma postura consoante uma visão humanista, crítica e criativa, estando habilitado a resolver problemas criando soluções, a compreender o ambiente que o rodeia e a tomar decisões eticamente comprometidas com a defesa da vida, da justiça e na garantia da sustentabilidade do ambiente global.

O egresso do curso da Faculdade de Botucatu estará apto a desempenhar as atividades profissionais, atuando na condição de empregado, gestor ou autônomo nos contextos que a seguir se relacionam:
•    Automação: Projetar equipamentos eletrônicos destinados à automação de linhas de produção industrial;
•   Eletrotécnica (potência e energia): Planejar e operar sistemas elétricos. Projetar e construir usinas, estações, redes de geração de energia e equipamentos dos sistemas de geração, transmissão e distribuição. Ampliar e reparar as redes de alta-tensão;
•    Indústrias: na operação, manutenção e supervisão de sistemas ou processos industriais e de redes de distribuição de energia;
•    Empresas de geração, transmissão e distribuição de energia: na operação, no planejamento, projeto, na manutenção e no controle dos equipamentos ou sistemas de energia elétrica;
•    Instituições prestadoras de serviços: no estudo de viabilidades, na manutenção, no projeto e na supervisão de sistemas da área de Engenharia Elétrica;
•    Órgãos de consultorias: prestando assessoria, fiscalização, perícias, laudos técnicos, entre outras atividades que se enquadram na área de Engenharia Elétrica;
•    Instituições de ensino: nas funções de ensino, na pesquisa de novos produtos, processos ou tecnologias e em atividades de extensão.
•    Órgãos regulamentadores: na fiscalização e perícia, nas avaliações e regulamentações de serviços, produtos ou processos na área de Engenharia Elétrica;
•    Órgãos públicos: no planejamento, no estudo, na coordenação e no gerenciamento de suas atividades.
Ocupações:
– Automação Industrial: desenvolver sistemas, computadorizados para a automação de processos industriais, como robôs, câmeras automáticas e injeção eletrônica de automóveis, melhorando seu desempenho e a eficácia energética e reduzindo o impacto ambiental; realizar a integração de maquinas automatizadas em uma indústria,
– Eletrônica: projetar e coordenar a fabricação de aparelhos, equipamentos e circuitos eletrônicos, estudando as características dos dispositivos, definindo duas especificações técnicas e solucionando eventuais defeitos; coordenar o planejamento e a instalação de centrais e serviços de telefonia fixa e móvel, implantar tecnologias de transmissão e decodificação de sinais digitais.
– Eletrotécnica: coordenar todos os processos envolvidos na geração, transmissão e distribuição de energia; projetar redes de alta tensão, máquinas, equipamentos e sistemas elétricos, acompanhar e coordenar sua fabricação, montagem, instalação, regulagem e manutenção; supervisionar a construção e a operação de instalação elétricas prediais e industriais, sistemas de iluminação pública, usinas, estações e subestações.
– Engenharia Biomédica: desenvolver equipamentos para apoiar a prevenção, o diagnóstico e o combate a doenças, bem como o monitoramento de aspectos fisiológicos dos pacientes em centro cirúrgicos e em unidade de tratamento intensivo, como próteses de membros, instrumentos médicos e aparelhos de ultrassom e ressonância magnética.
– Instrumentação: projetar sistemas de medição e controle em processos industriais, como indicie de refração, pequenos deslocamentos, corrente elétrica, pressão, entre outras variáveis, empregados em dispositivos de tecnologia avançada de automóveis, computadores, aviões.
– Microeletrônica: desenvolver e acompanhar a produção de componentes e dispositivos microeletrônicos, definindo suas especificações técnicas e solucionando eventuais defeitos, para aplicação em sistemas de computação e telecomunicações.
– Telecomunicações: coordenar o projeto e a construção de equipamentos e sistemas de telefonia e transmissão de dados, imagens e sons por micro-ondas, cabeamento ótico ou satélites artificias; coordenar a operação e manutenção nas empresas prestadoras de serviços de internet fixa ou móvel, concessionárias de telefonia e emissora de TV por assinatura.
Perfil:
Disposição para trabalhar desenvolvendo novidades no campo da tecnologia. Raciocínio logico. Facilidade para lidar com números, cálculos, tabelas e gráficos. Capacidade de realizar cálculos com exatidão e concentração. Organização. Planejamento.
Livros:
– Sapiens: Uma Breve História da Humanidade. Autor: Yuval Noah Harai.
– Perdidos em Marte. Autor: Andy Weir.
– Spda – Sistemas de Proteção Contra Descargas Atmosféricas – Teoria, Prática e Legislação. Autores: Benjamim Ferreira de Barros, Reinaldo Borelli, José Eduardo Rodrigues e André N. de Souza.
– Engenharia Elétrica. Princípios e Aplicações. Autores: Allan R. Hambley.
– Aterramentos elétricos: conceitos básicos, técnicas de medição e instrumentação. Autor: Silvério Visacro Filho.
– Automação industrial controle do movimento e processos contínuos. Autor: Alexandre Capelli.
Filmes:
– Citizenfour. Ano 2014.
– Homem de ferro 1. Ano 2008.
– Minority Report. Ano 2002.
– Revolution os. Ano 2001.
– A sombra e a escuridão. Ano 1996.
– Síndrome da China. Ano, 1979.
– Chinatown. Ano, 1974.
“Dicionário e Guia de Profissões, do Prof. Leo Fraiman. Editora: Esfera, 2012.”

 

Engenharia Elétrica – Bacharelado

Autorização: Portaria SERES nº 584, de 17/08/2015, DOU 18/08/2015

Modalidade: Presencial

Duração: 10 Semestres

Integralização Curricular: Mínimo de 10 e máximo de 15 Semestres

Carga Horária: 4.440 horas (3.712 horas/relógio)

Turnos: Noturno

Vagas: 70 vagas totais anuais

Regime de Matrícula: Seriado semestral

LIBRAS: Disciplina optativa

Estágio Supervisionado: 160 horas

Atividades e Estudos Independentes (ao longo do curso): 120 horas

Trabalho de Conclusão de Curso: Elaboração e Apresentação Individual

Estrutura CurricularClique Aqui

PROCESSO SELETIVO

INSCREVA-SE

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Visão

Ser uma instituição que trabalha a educação de forma criativa e inovadora, e que construa a sua identidade e reconhecimento por meio da humanização dos processos e relacionamento com o mercado de trabalho.

 

Missão

Disseminar o conhecimento em prol do desenvolvimento da sociedade, promovendo a formação profissional com respeito à liberdade de expressão e consciência socioambiental.

Valores

Respeito, transparência, comprometimento, criatividade e paixão.

TOP